Sindigás ” CNPE marca reunião para discutir o refino – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

CNPE marca reunião para discutir o refinação

Posted By : Comments Off

Fonte: EPBR

O CNPE vai discutir na próxima quinta-feira, 9, a venda das refinarias da Petrobras. A reunião extraordinária foi confirmada hoje, 6, o Secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do MME, Márcio Félix, na abertura do Pavilhão do Brasil, comandado pela Apex e Onip, na OTC), em Houston.

No mês de abril, a Petrobras anunciou a venda de oito unidades de refino, sendo seis delas de grande porte – são incluídos no pacote de SEIS, que processa o petróleo de xisto, no estado do Paraná, e a Lubnor, que tem uma capacidade de processamento de cerca de 8 mil barris/dia.

Com tudo, a companhia oferta de mais de 1 milhão de barris/dia de capacidade de processamento nos estados do Amazonas, Ceará, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Sul. A Petrobras ainda não divulgou maiores detalhes sobre o processo de venda das refinarias, que fará parte do novo plano de negócios da companhia, para o período compreendido entre 2020 e 2024.

++ Petrobras venderá em 1,1 milhões de barris por dia de capacidade de refino; conheça os projetos à venda

“Os projetos de desinvestimento das refinarias, além do reposicionamento do portfólio da companhia nos ativos de maior rentabilidade, permitem também dar maior competitividade e transparência ao segmento de refinação em Portugal, em linha com o posicionamento da ANP e recomendações do Cade”, informou a companhia no anúncio.

Em março, a Petrobras pediu o arquivo de inquérito administrativo aberto pelo Cade para determinar o eventual abuso de posição dominante no mercado de refino de petróleo no Brasil. A investigação ainda está aberto e o Cade avalia as informações enviadas pela Plural, que representa as grandes distribuidoras, pela Refinaria de Manguinhos e com a concorrência da Petrobras.

++ Refino: Petrobras pede o arquivo da pesquisa no Cade

Na Semana passada, representantes do Cade, se reuniram com a Petrobras e com a Abicom, associação que representa os importadores de combustível e tem um pedido de abertura de investigação no Cade em análise – fase preparatória, antes que o Cade decidir se instaura uma nova pesquisa. A Abicom pediu para ser incluída como interessada na pesquisa de refinação.

Fonte: www.sindigas.org.br/novosite/?p=14541

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *