Dispositivo para o tratamento da infertilidade Merck é aprovado pela Anvisa | Panorama Farmacêutico – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

A
Merck, empresa líder em ciência e tecnologia, anuncia a aprovação por parte da Agência
Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) da Pena de Pergoveris®,
indicado para induzir a ovulação em mulheres que não ovulam, devido à produção
muito baixa de hormônios de fertilidade.

O
o novo dispositivo oferece a possibilidade de uma administração mais
adequada do produto em mulheres com deficiência de hormônio
folículo estimulante (FSH) e o hormônio luteinizante (LH). Esta nova versão é
líquida e pronta para ser usada e foi criada a partir da evolução da combinação
original de pó liofilizado e solvente – que exigia que os pacientes flutuar
os frascos do produto antes da injeção diária.


aprovação da Anvisa, a Pena de Pergoveris® é um passo a mais para cumprir com o
nosso compromisso de ajudar as mulheres que desejam ser mães”, disse
Carlos Sato, chefe de Área Terapêutica para a Fertilidade da Merck em Portugal.
“Nós lutamos pela inovação contínua de nossos produtos em
benefício dos pacientes e o novo aparelho é mais uma opção para os casais que
estão na jornada do tratamento”.

O produto é o único da combinação de pré-misturada de FSH (hFSH) e LH (hLH) recombinantes em um dispositivo de injeção de preencher para ter autogestão aprovado na América Latina. Concebido a partir de pesquisas e estudos realizados com pacientes e profissionais de saúde, a Pena de Pergoveris® permite que os médicos individualizem a dose às necessidades do paciente, permitindo incrementos de 12,5 UI (unidade internacional) e oferece três apresentações: 300 UI, 450 UI e 900 UI. A Pena de Pergoveris® é a terceira incorporação a solução inovadora da Merck em fertilidade, a Família de Canetas™, que já está disponível também para os medicamentos Gonal-f® e Ovidrel® 250 mcg.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2019/02/14/dispositivo-para-tratamento-de-infertilidade-da-merck-e-aprovado-pela-anvisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *