Colesterol: metade dos sobreviventes de um ataque do coração se não se controla o Ímã de geladeira e o Gráfico de Mavicle-Promo

O Colesterol alto é uma das principais causas dos eventos, os acidentes vasculares cerebrais e os estudos demonstraram que mais da metade da metade dos sobreviventes de um ataque ao coração, não o controla

A investigação, levada a cabo pelo KRC Research, mostrou que 44 por cento dos sobreviventes de um ataque ao coração, para que não se controla regularmente o nível no sangue e do colesterol ruim, o LDL. Outro dado alarmante em tudo o relacionado com este fator de risco cardiovascular, tem chamado a atenção, e um em cada três pacientes em que não se sabe qual é a quantidade desta substância no sangue.

De acordo com o diretor da clínica da MedLevensohn, Alexandre Chieppe, os níveis altos de colesterol no sangue ocorrem as agressões contra as paredes das artérias. Isto se deve em parte ao fato de que a gordura que se adere às plantas, e é um obstáculo para a circulação do sangue, e pode bloquear ou quebrar. Por conseguinte, aumenta a probabilidade de ter um ataque cardíaco, os pacientes”, afirma o especialista. Além disso, segundo o estudo, quase 90 por cento das pessoas com o colesterol alto, e não foram associados com a doença, com o risco de sofrer um evento cardiovascular, como um infarto do miocárdio. A pesquisa foi realizada com mais de três mil pessoas, das quais 250 são da espanha.

Veja Mais

Notícias de última hora delos angeles, que conta com um novo diretor de Recursos Humanos no Brasil,o Controladorda compreensão de que as alterações à lei que amplia os serviços oferecidos pelos escritórios de farmáciade Medicamentos, deque Muitos serão colocados à venda na Buscopan

A manutenção dos níveis de colesterol no sangue e os níveis de glicose no sangue são controlados no sangue, em que se levam a cabo sob a supervisão dos dispositivos da confiança e da certificação, e a incorporação de práticas de vida saudáveis, como fazer exercício físico, para adotar uma boa alimentação, não fumar e reduzir o estresse, que é uma das melhores maneiras de prevenir as complicações cardiovasculares.

O risco cardiovascular no diabetes mellitus (dm)

A quantidade de açúcar no sangue pode causar problemas nos vasos sanguíneos, os olhos, os rins e o sistema nervoso central. Desta forma, e como resultado, direto ao coração, a diabetes, já que pode gerar um ataque cardíaco. Existem dois tipos principais de doença de alzheimer, em que um tipo, que geralmente aparece na infância ou na adolescência, e o tipo dos dois, o que se traduz, geralmente, em pessoas de mais de 40 anos de idade.

Durante o último ano, em portugal, são produzidas cerca de 360 mil mortes associadas a doenças do coração. De acordo com o DataSUS, o número de mortes por Infarto Agudo do Miocárdio aumentou de uma média de 55.900 dos casos, no ano de 1996, para a 92.657 no ano de 2017″, disse o Dr. Chieppe. Deste modo, os bons costumes e da vida, além de reduzir as chances de problemas no coração, o que nos ajuda a combater a depressão e a ansiedade”, diz.

A tecnologia para a vigilância da

Neste sentido, uma das soluções para a medição dos níveis de colesterol no sangue e diabetes no sangue, que são aparelhos que são vendidos em farmácias, como a da Lua, o Dobro da MedLevensohn. O dispositivo pode controlar de maneira muito precisa e rápida dos níveis de colesterol no sangue e diabetes, já que ajuda na prevenção de um ataque cardíaco. Com uma picada em um dedo da mão, é realizado o cálculo dos níveis de colesterol no sangue e os níveis de glicose no sangue. Assim, pode-se observar que os fatores de risco de doença cardiovascular”, explica o diretor do projeto de Atenção Farmacêutica da companhia, Frederico, ” Theobaldo.

Foto: Shutterstock Fonte: MedLevensohn

Compartilhar:

Fonte: guiadafarmacia.com.br/metade-dos-sobreviventes-de-ataques-de coração-nao-controlam-niveis-de-colesterol

Fonte: imadegeladeira.com/colesterol-metade-dos-sobreviventes-de-um-ataque-cardiaco-nao-se-controlam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *