A prova, que permite o diagnóstico rápido do vírus da dengue – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

Há projeções de que esta solução, a MedLevensohn, também faz parte das clínicas farmacêuticas

A MedLevensohn coloca à disposição, no Brasil, um teste que permite o diagnóstico seguro da dengue em poucos minutos, por meio da coleta de uma gota de sangue do paciente. Por enquanto, a solução está disponível para os hospitais, clínicas e consultórios médicos, para que, no futuro, também deve estar presente nos serviços de atenção farmacêutica.

Este tipo de diagnóstico ganha relevância perante as últimas estatísticas do País. Até o dia 13 de abril de 2019, foram 451.685 casos prováveis de dengue registrados, segundo o Ministério da Saúde, um aumento de 339% com relação ao mesmo período do ano passado. Além disso, de acordo com a pasta, 994 municípios apresentam um alto índice de infestação do Aedes aegypti. O diagnóstico precoce torna-se fundamental, ao passo que, com sintomas de febre e dores no corpo, são muitos os que acham que estar com gripe ou resfriado, podendo, assim, fazer uso de medicamentos contra-indicados para a febre do dengue, aumentando o risco de sangramento ou de letalidade. “Como solução para este problema, existem no mercado nacional uma prova que permite a confirmação segura do diagnóstico em questão de minutos”, afirma o CEO da MedLevensohn, José Marcos Szuster, acrescentando que, neste mês de maio, a busca do produto foi tão grande que a empresa contratou um lote extra para atender a demanda.

Eficácia no diagnóstico da dengue

Para dengue em fase aguda (até cinco dias do início dos sinais e sintomas), com o NS1, há especificidade de 96,2% e sensibilidade de 95,8%. As fases mais avançadas, com IgC (Imunoglobulina G) e IgM (Imunoglobulina M) têm uma sensibilidade de 95,7% e a especificidade de 99,9%. Isso permite que o diagnóstico seja feito, mesmo quando não há certeza sobre quando o quadro clínico se iniciou.

Hospitais já estão adquirindo a nova prova e se espera a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a sua disponibilização em clínicas farmacêuticas. Para Szuster, a realização da prova instantâneo do dengue nas farmácias massificaria um importante instrumento de controle de um dos mais graves problemas de saúde pública do Brasil. “Este seria um grande avanço, pois as pessoas, a um preço muito baixo, possam saber de maneira instantânea se você tem ou não a dengue, tomando medidas para não ser mais um transmissor, com a proteção individual, como o uso de repelentes, procurando o médico precoce e o tratamento correto”, finaliza Szuster.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

O que é o fungo resistente que se estende em todo o mundo?

Compartilhar:

Fonte: guiadafarmacia.com.br/teste-permite-o diagnóstico-imediato-de-dengue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *